powered by

Volvo recorre à indústria do gaming para criar automóveis mais seguros

A marca sueca apresentou o seu simulador de condução mais avançado de sempre, utilizado para fazer novos avanços em matéria de segurança e tecnologia de condução autónoma.

Inspirado nos videojogos, o inovador simulador de condução da Volvo Cars consiste numa nova ferramenta que utiliza tecnologia da indústria do gaming para desenvolver automóveis mais seguros.

A sua configuração faz uso de um assento de condutor móvel, um volante com feedback tátil e um headphone nítido de realidade virtual que torna difícil distinguir a realidade da simulação, sendo este precisamente o objetivo.

O simulador recorre à tecnologia mais recente da plataforma de desenvolvimento 3D em tempo real Unity e da empresa finlandesa Varjo (especialista em realidade virtual e mista), sendo capaz de simular a condução de um automóvel verdadeiro em estradas reais.

Previous
Next

Esta avançada ferramenta é ainda capaz de combinar gráficos realistas em 3D de alta definição, um headphone de realidade aumentada e um fato de corpo inteiro Teslasuit, que fornece feedback tátil de um mundo virtual, ao mesmo tempo que monitoriza as reações corporais.

Volvo Cars, Varjo, Teslasuit e Unity

A combinação de software e hardware permite que os engenheiros da Volvo Cars sejam capazes de simular vários cenários de tráfego numa estrada real e com um automóvel verdadeiro. Tudo em total segurança e tantas vezes quantas aquelas que forem necessárias.

As equipas podem ainda obter informações importantes sobre a interação entre as pessoas e o automóvel para desenvolver novos recursos de segurança, sistemas de assistência ao condutor e condução autónoma.

Os testes podem ainda englobar recursos de segurança ativa imaginária e assistência ao condutor, interfaces de utilizador de condução autónoma, modelos de automóveis futuros e muitos outros cenários.

O simulador pode ser utilizado em pistas de testes reais ou em laboratório, sendo possível personalizar cada cenário. As possibilidades são, literalmente, infinitas.

Previous
Next

Ao iniciar, no ano passado, uma parceria com a Varjo, a Volvo Cars tornou-se no primeiro construtor a tornar possível conduzir um automóvel real utilizando um headset de realidade mista. Agora, o nível desta colaboração foi alargado para incluir quer a Teslasuit, fabricante de fatos táteis de corpo inteiro, quer a Unity.

A execução de testes é crucial para o desenvolvimento de sistemas de segurança nos automóveis, como, por exemplo, tecnologias para evitar colisões. Mas, no mundo real, testar esses sistemas pode ser perigoso, demorado e oneroso.

As simulações de realidade virtual e mista permitem realizar testes perfeitamente seguros em ambientes autênticos, sem que haja necessidade de construir qualquer protótipo físico ou configurar cenários complexos.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade

artigos relacionados

Últimas

Pesados

Repintura