powered by

Portugal “fechou”, mas oficinas e lojas de peças continuam abertas

As oficinas de reparação automóvel, lojas de peças, concessionários de venda de veículos (novos e usados) e escolas de condução continuam de portas abertas.

Portugal voltou, hoje, pelas 00h00, a u201cfechar portasu201d para combater a transmissu00e3o da covid-19, de modo a aliviar a pressu00e3o do SNS e dos hospitais no tratamento de casos de infeu00e7u00e3o que necessitem de internamento.

Tal como no primeiro confinamento, em maru00e7o do ano passado, neste segundo, existem vu00e1rias exceu00e7u00f5es ao encerramento generalizado. Caso das oficinas de reparau00e7u00e3o automu00f3vel, consideradas como bem essencial, que mantu00eam os serviu00e7os mediante o cumprimento de todos os protocolos especu00edficos impostos pelas Direu00e7u00e3o-geral de Sau00fade.

Mas as oficinas nu00e3o su00e3o as u00fanicas a manter a atividade em funcionamento. No setor automu00f3vel, um dos mais afetados pela pandemia, hu00e1 mais empresas que tu00eam autorizau00e7u00e3o para laborar. No documento oficial, que lista todas as situau00e7u00f5es excecionais, su00e3o referidos os u201cestabelecimentos de comu00e9rcio, manutenu00e7u00e3o e reparau00e7u00e3o de velocu00edpedes, veu00edculos automu00f3veis e motociclos, tratores e mu00e1quinas agru00edcolas e industriais, navios e embarcau00e7u00f5es, bem como venda de peu00e7as e acessu00f3rios e serviu00e7os de reboqueu201d.

Sabia que...

Oficinas de reparau00e7u00e3o de velocu00edpedes, veu00edculos automu00f3veis e motociclos, tratores, mu00e1quinas agru00edcolas e industriais, navios e embarcau00e7u00f5es, bem como lojas de peu00e7as e acessu00f3rios, concessionu00e1rios de venda de veu00edculos (novos e usados), serviu00e7os de reboque e escolas de conduu00e7u00e3o continuam de portas abertas?

Dentro deste enquadramento de exceu00e7u00e3o, encontram-se ainda os concessionu00e1rios de venda de veu00edculos (novos e usados), as empresas de rent-a-car e os centros de inspeu00e7u00e3o automu00f3vel. As escolas de conduu00e7u00e3o, suspensas durante o primeiro confinamento, podem, agora, manter a sua atividade normal.

Recorde-se que o novo Estado de Emergu00eancia entrou em vigor u00e0s 00h00 desta sexta-feira, dia 15 de janeiro, e terminaru00e1 u00e0s 23h59 do pru00f3ximo dia 30 de janeiro, obrigando os portugueses ao recolhimento obrigatu00f3rio. Contudo, como ju00e1 fez saber o primeiro-ministro, Antu00f3nio Costa, tudo indica que estas restriu00e7u00f5es venham a ser prolongadas, pelo menos, por outros 15 dias.

Secu00e7u00e3o patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade

artigos relacionados

Últimas

Pesados

Repintura