powered by

Olipes lança tecnologia revolucionária em fluidos hidráulicos HLP com Maxifluid 46 Future

O Maxifluid 46 Future promete excelente arranque a frio, reduzindo o risco de roturas nas mangueiras devido ao excesso de pressão, entre outras vantagens.
Check-up Media Olipes Maxifluid 46 Future

A Olipes acaba de lançar a sua nova gama “Future”, o Olipes Maxifluid 46 Future, um produto que representa, segundo as suas próprias palavras, o “futuro dos fluidos hidráulicos HLP convencionais, resultado do processo contínuo de aprendizagem e de escuta dos seus clientes por parte da empresa”.

Distribuído pela FJS Lubrificantes, importador da Olipes para Portugal, este novo fluido hidráulico “reforça ainda mais as excelentes características que tinha o seu antecessor Maxifluid 46 HLP para sistemas hidráulicos: elevada resistência à oxidação e ao envelhecimento, elevada proteção anti-oxidação e anti-desgaste dos elementos lubrificados, formação mínima de lamas e depósitos e excelente filtrabilidade”, adianta a Olipes.

“O Olipes Maxifluid 46 Future é ideal para aplicações como sistemas e controlos hidráulicos em prensas, gruas e outros dispositivos. Também é perfeito para transmissões e acoplamentos hidráulicos, bem como para todos os sistemas hidráulicos que trabalham sob temperaturas e pressões continuamente variáveis”, sublinha.

De acordo com a Olipes, o “Maxifluid 46 Future oferece um excelente arranque a frio, reduzindo o risco de roturas nas mangueiras devido ao excesso de pressão, encurtando os tempos de funcionamento da máquina e reduzindo o consumo de energia”.

Check-up Media Olipes Maxifluid 46 Future test

Além disso, “o novo Olipes Maxifluid 46 Future protege as partes móveis da bomba hidráulica e das servo-válvulas, mantendo uma transmissão de potência ótima em todas as condições de funcionamento, graças à estabilidade da sua viscosidade -35% superior à dos fluidos hidráulicos HM/HLP convencionais – face às variações de temperatura”, reforça a empresa.

“O departamento de I+D+i da Olipes tem como objetivo desenvolver novos produtos que reduzam os custos operacionais dos nossos clientes, garantindo a segurança dos operadores e reduzindo o impacto ambiental”, afirma Fernando Díaz, diretor-geral adjunto executivo da Olipes.

E continua: “Com o Maxifluid 46 Future, conseguimos isso: as matérias-primas selecionadas para o seu fabrico representam uma poupança de até 40% de energia e de emissões de CO2 em relação às que seriam produzidas no fabrico de óleos hidráulicos minerais HM/HLP convencionais, reforçando as excelentes propriedades de desempenho e proteção que definem os nossos produtos”.

Refira-se, a propósito, que o “inovador” Olipes Maxifluid 46 Future está disponível a granel, bem como em embalagens de 20, 200 e 1.000 litros de capacidade.

Mais sobre a Olipes aqui.

artigos relacionados

Últimas

Atualidade

Internacional