powered by

MAHLE alcançou recorde de vendas na China em 2020

O crescimento da empresa alemã na China, mesmo tendo em conta o difícil contexto de mercado provocado pela pandemia, rondou os 4% em 2020 face ao ano anterior.

Apesar da situação difícil que o mercado automóvel atravessa a nível global, devido à pandemia, a MAHLE alcançou um volume de vendas recorde na China em 2020. Ajustado pelos efeitos negativos da taxa de câmbio, o negócio do fornecedor alemão na China cresceu quase 4% em comparação com o ano anterior, chegando aos 1.303 milhões de euros.

A unidade de negócios de Gestão Térmica demonstrou ser o segmento mais forte do grupo em termos de volume, com cerca de 370 milhões de euros, ou seja, quase 30% do total de vendas. Já a unidade de Filtração e Periféricos de Motor, desenvolveu-se de forma positiva, aumentando as suas vendas em cerca de 10%, rondando os 335 milhões de euros.

A unidade de Eletrónica e Mecatrónica, criada no início de 2020, teve um início bem-sucedido: contribuiu para o forte desempenho geral da MAHLE na China, com aproximadamente, 170 milhões de euros de vendas.

O grupo apresentará cerca de 150 inovações e soluções de produtos no Salão Automóvel de Xangai, o mais importante da Ásia, que se realizará, de forma presencial, entre 21 e 28 de abril de 2021. Cerca de dois terços das novidades em exposição serão soluções alternativas e térmicas nos campos de tecnologia de gestão.

Mais sobre a MAHLE aqui.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
Expomecanica

artigos relacionados

Últimas

Atualidade