powered by

IA da Bosch explicada em seis áreas complementares

Soluções inteligentes e amigas do ambiente e da saúde, para casa, indústria e mobilidade. Eis as propostas da Bosch, explicadas em seis áreas distintas, mas complementares.

A premissa é simples: melhorar a saúde das pessoas e proteger o planeta nesse processo.  Com base na aliança com a AIoT e recorrendo a todas as possibilidades que os dados, a Inteligência Artificial (IA) e a Internet das Coisas oferecem para trazer benefícios para as pessoas e para o meio ambiente, com soluções técnicas, a Bosch tem os olhos focados num futuro mais sustentável.

“Combinamos IA e conectividade para dar origem à AIoT, que nos ajuda a melhorar a eficiência energética e a combater o coronavírus”, explicou Michael Bolle, membro do conselho de administração da Bosch.

Segundo o responsável, a “AIoT oferece um potencial enorme”. Em que medida? “Já estamos a relevar esse potencial e planeamos aumentar os nossos esforços no futuro no que diz respeito a este tema. Sob o lema ‘Sustentabilidade #LikeABosch’, a empresa apresentou na feira virtual de tecnologia CES 2021 soluções inteligentes e sustentáveis para as áreas da saúde, residências e mobilidade”, acrescentou Bolle.

#LikeABosch e ação climática

Um estudo publicado, recentemente, na Alemanha, indicou que a AIoT pode ir além das aplicações na área da saúde para desempenhar, também, um papel importante na ação climática.

De que forma? Uma digitalização que abrange áreas como mobilidade, indústria e tecnologia de construção pode ajudar o país a atingir as metas de emissões estabelecidas pelo Acordo de Paris (fonte: Accenture).

Neste contexto, a Bosch deu um contributo importante: o mote para o CES deste ano – “Sustentabilidade #LikeABosch” – expressa a missão de responsabilidade empreendedora da empresa.

Esta, que é uma sequência da campanha #LikeABosch destaca como todos podem fazer a sua parte para proteger o meio ambiente com produtos sustentáveis. A própria Bosch está a liderar pelo exemplo: de acordo com cálculos internos, todas as 400 localizações da empresa no mundo são neutras em carbono desde 2020.

A Bosch é a primeira empresa industrial com operação global a atingir emissões zero de carbono, no saldo entre a energia que produz e aquela que obtém externamente.

IA e atividade física

A atividade física é essencial para a saúde e bem-estar das pessoas. E, atualmente, não faltam exercícios de fitness, disponíveis para quem os queira praticar.

No entanto, muitos dos rastreadores de fitness ou smartwatches oferecem apenas um número muito limitado de atividades que podem ser monitorizadas e não reconhecem as atividades de maneira fiável devido aos diferentes estilos de desempenho, equipamentos, alturas e níveis de energia dos utilizadores.

Como resposta a esta necessidade, a Bosch Sensortec desenvolveu um sensor de movimento de autoaprendizagem revolucionário que adiciona inteligência artificial (IA) a dispositivos portáteis: o sensor de IA de autoaprendizagem BHI260AP.

O sensor permite que os fabricantes de dispositivos wearable e hearable disponibilizem um rastreamento da condição física altamente personalizado através do software de IA de autoaprendizagem integrado no sensor.

Este reconhece e adapta-se a uma ampla variedade de movimentos e é capaz de aprender qualquer nova atividade física baseada em padrões repetitivos e cíclicos. Os utilizadores podem, portanto, ser treinadores e praticantes em simultâneo.

Connected Biking em Las Vegas

Já a mais recente solução Connected Biking (o computador de bordo Nyon) conduziu à nomeação da Bosch eBike Systems para o CES 2021 “Innovation Awards Honoree”, na categoria “Vehicle Intelligence & Transportation”.

O computador de bordo Nyon é um all-in-one que oferece navegação a bordo, monitorização de fitness, função de bloqueio digital, informações de alcance baseadas em topografia e conecta a eBiker ao mundo digital via Bluetooth wi-fi. O utilizador do Nyon conecta-se à app eBike Connect usando o smartphone e troca dados sobre percursos e atividades.

O piloto pode utilizar o computador de bordo de forma simples e intuitiva durante a condução, através do ecrã touch ou da unidade de controlo. “Soluções digitais como o computador de bordo Nyon ampliam o prazer de circular nas eBikes e redefinem a mobilidade, porque levam as pessoas ao seu destino de forma flexível, sem stress e segura”, explicou Claus Fleischer, CEO da Bosch eBike Systems.

Navegação para mini robots na lua

Parte integrante do programa Tipping Point da NASA, a Bosch está a unir forças com as empresas Astrobotic e WiBotic, bem como com a Universidade de Washington, para desenvolver navegação autónoma inteligente e tecnologias de carregamento sem fio para robots que exploram a superfície lunar.

A Astrobotic, especializada em robótica espacial, atua como investigadora principal no projeto e é acompanhada pela Bosch, a Universidade de Washington, a WiBotic e o NASA Glenn Research Center.

Em conjunto com os outros parceiros, desenvolveram a tecnologia-chave e definiram o escopo da proposta desde o início, um processo de quase dois anos.

Desde modo, a partir de 2023, esses robots lunares do tamanho de uma caixa de sapatos, designados de CubeRovers, devem ser capazes de mover-se de forma autónoma pela lua e, também, de encontrar o caminho de volta para as suas estações de acoplamento.

Testes de covid-19 em 30 minutos

Mas a tecnologia também pode ajudar no combate à pandemia. A Bosch não apenas o sabe, como desenvolveu um dispositivo de testes rápidos de covid-19, o Vivalytic , que utiliza reações em cadeia da polimerase (PCR) e que, graças ao aperfeiçoamento do software, pode detetar uma amostra positiva através da sua alta carga viral em menos de 30 minutos, exatamente no mesmo local onde a amostra é recolhida. Estes testes têm uma sensibilidade de 98% e uma especificidade de 100%, sendo o tempo de resposta para amostras negativas para SARS-CoV-2 de 39 minutos.

Computadores para veículos

Nos automóveis modernos, a IA assume enorme importância. E, neste capítulo, os computadores da Bosch já deram provas do seu valor. Os novos equipamentos multifuncionais da eletrónica automóvel estão a incorporar cada vez mais funções das unidades de controlo individuais em módulos eletrónicos centrais altamente potentes.

Há já mais de um ano, que os computadores para veículos da Bosch controlam funções como os sistemas de assistência ao condutor e o movimento em veículos de produção. Em breve, estes computadores serão acompanhados por computadores centrais para funções de cockpit e eletrónica de carroçaria.

Em matéria de computadores para veículos, nenhuma outra empresa consegue igualar o amplo portefólio da Bosch, uma vez que, na qualidade de fornecedor de tecnologia e serviços, a empresa tem capacidade para disponibilizar computadores prontos para produção de modo a responder a qualquer particularidade dos veículos modernos.

Também em termos de negócios, esta solução está a ser proveitosa. A Bosch já recebeu encomendas para os seus computadores de veículos de cerca de 2,5 mil milhões de euros desde o verão passado.

Os computadores de veículos são fundamentais para os esforços que a Bosch está a desenvolver com o objetivo de aumentar o papel de liderança em sistemas eletrónicos com uso intensivo de software. O mercado para estes sistemas representa cerca de 20 mil milhões de euros e deverá crescer 15% ao ano até 2030.

Mais sobre a Bosch aqui.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
SKF_logo300x150_mATA_store_300x150_m2Checkup_club_300x150_finalFUCHS_logo_300x150_mimporspeed_300x150liquimoly_300x150_m

artigos relacionados

Últimas

Atualidade

Internacional

Atualidade