powered by

H2Accelerate: o futuro do transporte de mercadorias é a hidrogénio

IVECO, Daimler Trucks AG, OMV, Shell e Grupo Volvo anunciaram que estão a ajudar a criar condições de implementação em massa para a circulação de camiões a hidrogénio na Europa.

À medida que um número crescente de governos e empresas se alinham numa perspetiva comum, rumo a um sistema de energia zero emissões líquidas, os participantes no projeto H2Accelerate acreditam que o hidrogénio é um combustível essencial para a completa descarbonização do setor dos transportes pesados de mercadorias.

Espera-se que um aumento da produção em larga escala de camiões a hidrogénio crie novas indústrias: instalações de produção de hidrogénio de carbono zero, sistemas de distribuição de hidrogénio em larga escala, rede de postos de abastecimento de elevada capacidade para hidrogénio líquido e gasoso e produção de camiões movidos a hidrogénio.

Os participantes no projeto H2Accelerate acreditam que os investimentos alinhados em todo o setor, ao longo da década de 2020, permitirão criar as condições para a implantação em massa do mercado de transportes pesados a hidrogénio, fundamentais para atingir os objetivos europeus: zero emissões líquidas até 2050. 

As estimativas apontam para que o escalonamento da produção ao longo de uma década atraia grupos de clientes dispostos a assumir forte empenho no transporte a hidrogénio, logo desde o início.

Sabia que…

o H2Accelerate consiste num acordo de colaboração assinado entre IVECO, Daimler Trucks AG, OMV, Shell e Grupo Volvo, no âmbito do qual irão trabalhar, em conjunto, para ajudar a criar as condições de implementação em massa da circulação de camiões a hidrogénio na Europa?

Prevê-se que essas frotas operem em grupos regionais e ao longo dos corredores europeus de alta capacidade, com uma boa cobertura de postos de abastecimento. Durante a década, esses clusters podem ficar interligados, de modo a construir uma rede verdadeiramente pan-europeia.

Ao longo deste período, será necessário apoio do setor público. No âmbito do projeto H2Accelerate, os participantes contam poder trabalhar em conjunto na obtenção de financiamentos para projetos pré-comerciais antecipados durante a primeira fase de lançamento.

Paralelamente, os participantes irão trabalhar no sentido de obter o envolvimento de responsáveis políticos e entidades reguladoras, de forma a incentivar um ambiente político que ajudará a apoiar, no período subsequente, a produção em grande volume de camiões a hidrogénio e a implementação, em toda a Europa, de uma rede de abastecimento de hidrogénio de carbono zero.

IVECO
Shell New Energys NL B.V.
Daimler Trucks AG
OMV Aktiengesellschaft
Grupo Volvo
IVECO

A IVECO concebe, produz e comercializa uma ampla gama de veículos comerciais ligeiros, médios e pesados, caminões todo-o-terreno e veículos para aplicações específicas, tais como missões fora de estrada.

A IVECO tem vindo a investir nas tecnologias elétrica e de hidrogénio, em conjunto com o especialista em grupos propulsores FPT Industrial, empresa igualmente integrada na CNH Industrial, e através da sua parceria com a Nikola Corporation.

Shell New Energys NL B.V.

A Royal Dutch Shell Group of Companies tem vindo a apoiar o desenvolvimento de um mercado global de hidrogénio, criando um negócio de end-to-end que a produção de energia solar, eólica e de hidrogénio, fornecendo, no final do seu ciclo industrial, uma crescente gama de clientes nos transportes e na indústria pesada, entre outros setores difíceis de descarbonizar.

Daimler Trucks AG

Em setembro de 2020, a Daimler Trucks AG assinalou a estreia mundial do concept Mercedes-Benz GenH2 Truck, protótipo de um camião a células de combustível. Utilizando como combustível o hidrogénio líquido para operações de transporte de longa distância, flexíveis e exigentes, o modelo está projetado para alcançar, na sua versão de produção em série, autonomias superiores a 1.000 km com um único depósito de hidrogénio.

A Daimler Trucks AG planeia iniciar os testes do GenH2 Truck com clientes já em 2023. A produção em série deve arrancar na segunda metade da década. Em novembro, o Grupo Volvo e a Daimler Trucks AG assinaram um acordo vinculativo para uma joint-venture com vista ao desenvolvimento, produção e comercialização de sistemas de células de combustível.

OMV Aktiengesellschaft

A OMV produz e comercializa petróleo, gás, energias inovadoras e soluções petroquímicas de ponta, utilizando recursos e métodos responsáveis. A sustentabilidade é parte integrante da estratégia corporativa da OMV.

A OMV apoia a transição para uma economia de baixo carbono e estabeleceu metas mensuráveis para reduzir a intensidade de carbono e introduzir novas soluções energéticas e petroquímicas.

Grupo Volvo

A ambição do Grupo Volvo é que 100% dos seus produtos sejam isentos de combustíveis fósseis a partir de 2040. Haverá uma mudança gradual para os veículos elétricos, tanto a bateria como a célula de combustível.

Para casos de utilização com cargas mais pesadas ou distâncias mais longas, as células de combustível de hidrogénio serão uma tecnologia importante. As duas tecnologias complementam-se e ambas serão necessárias para a construção do sistema de transporte sustentável do futuro.

Em novembro, o Grupo Volvo e a Daimler Trucks AG assinaram um acordo vinculativo para uma joint-venture com vista ao desenvolvimento, produção e comercialização de sistemas de células de combustível.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
Tempanalise_banner_865x175

artigos relacionados

Últimas

Pesados

Repintura