powered by

“Em tempos de coronavírus, também existem empresas que florescem”

Parece uma eternidade, mas foi a 18 de março, há pouco mais de sete meses, que foi decretado, pelo Presidente da República, o anterior estado de emergência em Portugal.

Tudo face u00e0 situau00e7u00e3o excecional de sau00fade pu00fablica mundial e u00e0 proliferau00e7u00e3o de casos registados de contu00e1gio de covid-19. De entu00e3o para cu00e1, diversos foram os efeitos do isolamento. Empresas fecharam, diversos setores viram-se sem apoio.

Diante de tantas notu00edcias negativas geradas pela pandemia, muitas empresas do setor do pu00f3s-venda automu00f3vel, longe de se assustarem, tu00eam-se reinventado para contribuir com o seu gru00e3o de areia com iniciativas de solidariedade ou ajudando a superar a escassez de mu00e1scaras e equipamentos de proteu00e7u00e3o contra o coronavu00edrus, demonstrando o quanto este ecossistema u00e9 resiliente.u00a0Apesar das tendu00eancias negativas e impactantes, o setor tem levado ao pu00e9 da letra a ideia de queu00a0a criseu00a0gera oportunidade.

Desde o inu00edcio de setembro e de regresso ao terreno para preparar a expoMECu00c2NICA 2021, ju00e1 conversu00e1mos, presencialmente e por videoconferu00eancia, com mais de 100 empresas. Para alu00e9m do prazer do reencontro com tantos expositores, foi gratificante constatar que estu00e3o bem de sau00fade e que apu00f3s o brutal impacto do mu00eas de abril, a generalidade das empresas foi recuperando vendas nos meses subsequentes, esperando, em muitos casos, igualar ou atu00e9 superar as vendas de 2019. Apenas a incerteza que nos voltou a assombrar neste trimestre, as pode separar desse desu00edgnio.

Apesar das dificuldades,u00a0algumas das empresas consideram que a situau00e7u00e3o trouxe alguns benefu00edcios ao negu00f3ciou00a0na medida em que contribuu00edram para acelerar o seu processo de digitalizau00e7u00e3o, com destaque para a adou00e7u00e3o ou reforu00e7o de canais de atendimento digital.

No momento em que falta liquidez u2013 e sobram medos u2013 para as empresas e os portugueses que empreendem, congratulo-me com a chegada do mais recente projeto editorial do aftermarket em Portugal: Check-up

O futuro dos eventos

Assim como em diversos setores, u00e9 simplesmente impossu00edvel trau00e7ar previsu00f5es concretas sobre o mercado de eventos. Afinal, a pandemia segue em evidu00eancia e atu00e9 que ocorra a descoberta (e aplicau00e7u00e3o em massa) das vacinas, u00e9 extremamente difu00edcil supor que a reuniu00e3o de grandes pu00fablicos voltaru00e1 a ocorrer sem restriu00e7u00f5es. A expoMECu00c2NICA, como tantas outras feiras, u00e9 o espelho desta realidade.

Contudo, ficou claro nessas conversas, que o futuro da feira estu00e1 assegurado. As demonstrau00e7u00f5es de fidelidade e solidariedade u00e0 feira, a vontade de reencontrar os seus clientes e, sobretudo, de passar uma forte mensagem ao setor: estamos vivos e podem contar connosco.

Como orientau00e7u00e3o, digo que precisamos de esforu00e7os coletivos de todos, para proteger os nossos negu00f3cios. O mundo apu00f3s a covid-19 seru00e1 definido pelas au00e7u00f5es que tomarmos. A expoMECu00c2NICA foi solidu00e1ria com fornecedores e recebeu em dobro esse apoio: dos seus clientes, dos parceiros associativos e dos media.

Todos nu00f3s temos a obrigau00e7u00e3o de mitigar os reflexos econu00f3micos e o impacto no setor trazidos por esta pandemia, que revelou sermos capazes de fazer mudanu00e7as radicais em tempo recorde. A aproximau00e7u00e3o social com isolamento fu00edsico pode ensinar-nos que dependemos uns dos outros.

O mundo nu00e3o parou de girar, nem de evoluir. E como navegar u00e9 preciso, sau00fado o projeto Check-up, ao qual dou as boas-vindas e desejo uma longa vida

No momento em que falta liquidez u2013 e sobram medos u2013 para as empresas e os portugueses que empreendem, congratulo-me com a chegada do mais recente projeto editorial do aftermarket em Portugal: Check-up.

Pretende afirmar-se e descobrir uma vida com 100% de ADN digital, desde o seu nascimento. Que o mercado seja generoso com o projeto e que este possa retribuir com os valores essenciais da boa informau00e7u00e3o: a verdade dos factos, o pluralismo e a independu00eancia.

Achava-me eu corajoso quando, em 2014, ainda sob intervenu00e7u00e3o da Troika, criei a Kikai Eventos e lancei a expoMECu00c2NICA. Novamente, eis um novo cenu00e1rio de crise, com outros protagonistas, mas adivinho que a mesma ambiu00e7u00e3o desperta novas possibilidades. Os desafios seru00e3o imensos, mas nu00e3o hu00e1 outra opu00e7u00e3o a nu00e3o ser lutar e trabalhar juntos para reformular o futuro do pu00f3s-venda automu00f3vel.

O mundo nu00e3o parou de girar, nem de evoluir. E como navegar u00e9 preciso, sau00fado o projeto Check-up, ao qual dou as boas-vindas e desejo uma longa vida.

Secu00e7u00e3o patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade

artigos relacionados

Últimas

Pneus

Ligeiros

Internacional