powered by

Diesel mergulha no fundo do poço das vendas europeias

Veículos a gasóleo continuam a cair no mercado europeu. Chegaram a representar 65% das vendas dos ligeiros de passageiros no Velho Continente. Hoje? 23%...

A queda tem sido constante, diga-se. Mas, nos últimos tempos, as vendas de veículos a gasóleo, na Europa, têm afundado a um ritmo nunca antes registado.

A descida que terá começado em setembro de 2015, com a denúncia da manipulação das emissões poluentes nas mecânicas a gasóleo de milhões de automóveis da Volkswagen. Uma tempestade que afetaria todas as marcas e todos os motores Diesel do mercado.

Segundo os números da Associação Europeia de Construtores de Automóveis (ACEA), no primeiro trimestre de 2021, foram vendidos 593.559 veículos de passageiros Diesel em toda a União Europeia. Ou seja, uma descida de 20,1%, comparativamente a igual período no ano passado.

Por outras palavras, o Diesel tem, agora, uma quota de mercado de 23,2%, contra 29,9% no primeiro trimestre de 2020. As descidas foram violentas mesmo em países “poderosos”, como Alemanha (-29,4%) e Espanha (-28,3%).

Em Portugal, nos primeiros três meses deste ano, foram matriculados 8.156 automóveis a gasóleo, o que perfaz 26,3% do total de ligeiros de passageiros.

Por outro lado, a crescer exponencialmente, no mercado europeu, encontram-se os híbridos, que representam, atualmente, 18,4% do total de veículos ligeiros de passageiros vendidos, ou seja, quase o dobro da quota registada há um ano.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
Euromais peças e pneusSoc. Coercial C. SantosexpomecanicaSKFwahlerliquimoly_300x150_m

artigos relacionados

Últimas

Atualidade