powered by

Continental reduzirá para metade o número de autocolantes nos pneus

Um pequeno passo para a Continental, um grande passo para o ambiente. A partir deste mês, na região EMEA, a marca utilizará apenas um autocolante em cada pneu novo.

Com esta mudança, a Continental evitará a utilização de, aproximadamente, 110 toneladas de resíduos plásticos por ano necessários à produção dos autocolantes e da folha de suporte, que, no total, teriam um comprimento de cerca de 6,4 km, ou seja, três vezes o comprimento da Av.ª dos Champs-Élysées, em Paris.

Os autocolantes que vão ser removidos contêm o logótipo do fabricante. As informações necessárias à comercialização, tais como a marca, o tamanho, o número do artigo e outros dados, estão disponíveis na etiqueta de pneus que é exigida por lei na União Europeia e em alguns outros países.

Sabia que…

a área de negócio de pneus da Continental dispõe de 24 unidades de produção e desenvolvimento em todo o mundo? E que a Continental é dos principais fabricantes de pneus, contando com mais de 56 mil colaboradores e tendo registou vendas de 11,7 mil milhões de euros em 2019?

“Ao dispensarmos estes autocolantes, estamos a dar um passo importante para alcançar o objetivo definido pela empresa do ponto de vista da sustentabilidade ambiental e a reduzir a utilização de plástico de origem fóssil nas nossas unidades de produção a nível mundial”, afirma Claus Petschick, que chefia o departamento de Sustentabilidade da Continental, explicando a relevância desta mudança.

Que acrescenta: “Estamos em processo de conversão de toda a nossa cadeia de produção rumo a materiais sustentáveis. Evitar o desperdício e a utilização de resíduos plásticos em particular, é um passo fundamental neste caminho, pois também ajuda a conservar os nossos recursos naturais”.

Mais sobre a Continental aqui.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
GT_Team_Pneus_banner

artigos relacionados

Últimas

Pneus

Internacional