powered by

Condutores europeus começam a desejar automóveis azuis

O parque automóvel europeu continua a ser dominado por preto, branco e cinzento. Mas um estudo da PPG revela que o “otimista” azul começa a ganhar força.

Qual é a cor favorita dos condutores europeus? Bom, neste momento, as preferências continuam a apontar para os mais sóbrios tons de branco, preto e cinza. Mas, aos poucos, o azul começa a ganhar espaço no momento de os clientes do Velho Continente escolherem um automóvel.

Quem o diz é o relatório “2020 Global Color Popularity”, desenvolvido pela PPG, no qual o fornecedor global líder no mercado mundial de revestimentos para automóveis analisou as principais tendências dos condutores europeus, em matéria de cores dos seus veículos.

Segundo observa o estudo, o azul é uma “cor otimista” e terá conquistado maior expressão durante a pandemia, porventura pela necessidade de trazer maior “alegria” ao parque automóvel. Certo é que, em 2020, na Europa, esta cor aumentou para 9% entre as opções dos clientes, mais 1% face ao ano anterior (em todo o mundo, a percentagem da escolha da carroçaria azul é de 11%).

“A pandemia de covid-19 fez com que os consumidores se concentrassem nos seus desejos e prioridades. O azul é uma cor otimista e reconfortante, que transmite confiança, confiabilidade, segurança, cura e esperança. Também está associada à natureza, limpeza e tecnologia do futuro”
PPG Misty Yeomans
Misty Yeomans
Gestora de Cores da PPG para a região das Américas

A PPG sublinha, em comunicado oficial, que estes dados reforçam as previsões de cores feitas pelos especialistas da empresa para 2019, uma vez que estes já haviam previsto uma subida de venda de veículos azuis, num período alargado de quatro anos. Para os responsáveis da PPG, “a pandemia de covid-19, provavelmente, aumentará ainda mais a preferência global por estes acabamentos”.

O relatório confirma ainda que, embora a preferência continue a recair sobre os tons de branco, em todo o mundo, esta caiu 1% desde 2019, sendo a opção para 34% dos ligeiros de passageiros comercializados o ano passado.

No entanto, essa liderança está ameaçada, na Europa (e América do Norte), mercados onde a meta representa apenas 26% perante, por exemplo, os 41% da região Ásia-Pacífico. Na Europa, de resto, no último ano, houve um aumento de 1% entre os modelos cinza vendidos.

Sabia que…

a PPG Industries foi fundada no ano de 1883, em Pittsburgh, na Pennsylvania, EUA, contando, hoje, com mais de 30 mil colaboradores distribuídos por 21 países?

O preto foi classificado como o terceiro tom mais procurado na Europa (com 18% do total de veículos), embora também tenha caído 1% em relação a 2019, enquanto o azul fechou o ano como a quarta cor preferida para automóveis comercializados na Europa. Deste modo, os tons de azul atingiram uma participação de 11%, embora em algumas categorias de automóveis esse percentual fosse ainda maior.

“A pandemia de covid-19 fez com que os consumidores se concentrassem nos seus desejos e prioridades”, explicou Misty Yeomans, gestora de cores da PPG para a região das Américas. “O azul é uma cor otimista e reconfortante, que transmite confiança, confiabilidade, segurança, cura e esperança. Também está associada à natureza, limpeza e tecnologia do futuro”, frisou.

À medida que a tendência ascendente na preferência pelo azul continua, Yeomans espera que a cor apareça em tons mais vivos, luxuosos, águas profundas e com uma leve influência turquesa”. Por outro lado, o crescimento do mercado de veículos elétricos também “impulsionará a procura de tons vibrantes e efeitos interessantes, como os que mudam de cor”, afirmou.

Mais sobre a PPG aqui.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
Standox_banner_865x175

artigos relacionados

Últimas

Pneus

Internacional