powered by

Bosch eXchange: a solução de arranque “amiga” do ambiente

Em 2019, com os produtos recondicionados Bosch, foi possível alcançar uma diminuição de 7.400 toneladas de CO₂ equivalente (CO₂e). A garantia é dada pelo fabricante alemão.

Sendo as alterações climáticas, hoje, o maior desafio da humanidade, um dos objetivos mais ambiciosos e perseguidos em todo o mundo é a descarbonização. Neste contexto, em 2020, a Bosch já atingiu a neutralidade climática nas suas 400 localizações em todo o mundo. Começa assim o comunicado enviado ao Check-up.

Que acrescenta, de seguida: “Além disso, no seu compromisso com as práticas de negócio sustentáveis, o programa Bosch Automative Aftermarket inclui produtos recondicionados, o que contribui para economizar recursos e ajuda a proteger o meio ambiente, reduzindo as emissões de CO₂ para a atmosfera”.

Com o programa Bosch eXchange para motores de arranque e alternadores, a Bosch oferece uma solução ideal e económica para a reparação de todo o tipo de veículos. O programa é composto, principalmente, por produtos recondicionados em série, que cumprem os mesmos padrões das peças originais, passando por rigorosos testes de qualidade e funcionalidade.

Sabia que…

com o programa Bosch eXchange para motores de arranque e alternadores, a Bosch oferece uma solução ideal e económica para a reparação de todo o tipo de veículos?

O que garante às oficinas mecânicas, de acordo com o fabricante, uma alternativa de elevada qualidade e fiabilidade a preços mais baixos e para todas as reparações, tanto para veículos de passageiros como para veículos comerciais. Tudo com a garantia Bosch eXchange. Além disso, de forma a satisfazer as exigências das oficinas e dos clientes, esta gama é, regularmente, alargada.

Mas o programa Bosch eXchange não é apenas uma boa opção quando se trata de reparações de veículos mais económicas. “O programa de peças de reposição é, também, uma alternativa viável no que diz respeito à proteção ambiental e climática. Em comparação com a produção de peças novas, o recondicionamento dos produtos requer menos material e energia”, pode ler-se no mesmo documento.

E conclui: “Assim, durante 2019, com os motores de arranque e alternadores recondicionados, a Bosch conseguiu diminuir o consumo de cerca de 2.700 toneladas de metais diferentes, o que veio a traduzir-se num equivalente de CO₂ (CO₂e) de, aproximadamente, 7.400 Tm, ou seja, a quantidade que teria sido emitida pela produção de peças metálicas criadas do zero. O mesmo é dizer que seria necessária uma floresta com cerca de 590 mil árvores para absorver toda essa quantidade de CO₂e”.

Mais sobre a Bosch aqui.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
SKFATA_store_300x150_m2liquimoly_300x150_mLogo_Mewa_300x150FUCHS_logo_300x150_mimporspeed_300x150

artigos relacionados

Últimas

Atualidade