powered by

Bosch atinge vendas de quatro mil milhões de euros com Indústria 4.0

Uma década decorrida sobre a criação da Indústria 4.0, a Bosch alcançou já quatro mil milhões de euros neste setor. Em 2020, foram mais de 700 milhões de euros.

“Adaptável e eficiente”. Segundo palavras da Bosch, assim será a “Fábrica do Futuro”. Não é difícil entender esta visão do fabricante. Desde 2011, a Bosch gerou vendas de mais de quatro mil milhões de euros com a Indústria 4.0 – e mais de 700 milhões de euros apenas em 2020.

Nas fábricas da Bosch em todo o mundo, mais de 120 mil máquinas e 250 mil dispositivos dispõem de conectividade. Nesta edição da Hannover Messe, a Bosch apresenta, em primeira mão, tecnologia de controlo capacitada para 5G e tecnologia para a gestão de energia com baseada em IA, que permite uma produção neutra para o clima.

“A Indústria 4.0 está a atingir a maturidade. O que começou na Hannover Messe em 2011 como um ‘projeto alemão pioneiro’ ganhou força global, em parte, graças ao trabalho inovador da Bosch. Desde 2012, a Bosch tem conduzido sistematicamente as fábricas – tanto as suas como as dos seus clientes – para esta nova era industrial”, explica a Bosch.

“Este compromisso está a valer a pena: nos últimos 10 anos, a empresa gerou mais de quatro mil milhões de euros em vendas com a Indústria 4.0. Só em 2020, a Bosch gerou vendas de mais de 700 milhões de euros com soluções de fabricação conectadas”, acrescenta.

“Reconhecemos o potencial da Indústria 4.0 desde o início e somos pioneiros neste campo. Agora, estamos a colher os frutos”, concretiza Rolf Najork, membro do conselho de administração da Bosch e responsável pela tecnologia industrial.

As bases estão lançadas. “O nosso foco é aproveitar e combinar o poder de diferentes tecnologias. A Bosch está a tornar-se numa empresa AIoT. Estamos a juntar a Inteligência Artificial e a Internet das Coisas”, afirma Najork.

Indústria 4.0 Bosch

“Graças às novas tecnologias, no futuro, as interações entre humanos e máquinas serão ainda mais seguras e eficientes: o 5G promete uma troca fiável de dados sem fios em tempo quase real”, acrescenta.

E vai mais longe: “Também aqui a Bosch está a assumir um papel pioneiro: no final de 2020, a empresa colocou a sua primeira ‘rede de campus’ em operação na sua fábrica líder da Indústria 4.0 em Estugarda-Feuerbach”.

A Bosch está, atualmente, a testar aplicações 5G em cerca de 10 fábricas em todo o mundo. Além disso, a empresa está a fabricar produtos compatíveis com 5G. No futuro, o novo Centro de Inovação da Bosch Rexroth, em Ulm, será onde a empresa irá trabalhar em abordagens progressivas e ideias de negócios, bem como em desenvolvimentos com clientes e parceiros. A expansão do local está planeada para o verão de 2021.

Mais sobre a Bosch aqui.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
Euromais peças e pneusSoc. Coercial C. Santosexpomecanica_300x150SKFMewaliquimoly_300x150_m

artigos relacionados

Últimas

Pesados

Repintura