powered by

Battista by Automobili Pininfarina: a nova conquista da Brembo

O mais potente superdesportivo italiano jamais construído, um Hyper GT 100% elétrico com 1.900 cv, está equipado com pinças B-M6 e discos CCM-R. Tudo da Brembo.

Alguns automóveis estão predestinados a entrar para a história, ganhando um lugar no imaginário coletivo graças ao seu carácter revolucionário. É o caso do Battista by Automobili Pininfarina, o mais potente superdesportivo italiano jamais construído.

Equipado com quatro motores elétricos, um por roda (alimentados por uma bateria de iões de lítio de 10 kWh), este Hyper GT dispõe de 1.900 cv de potência e 2.300 Nm de binário. Em quase 60 anos, onde quer que tenha ocorrido uma revolução no setor automóvel, a Brembo esteve presente.

Quer seja na competição, no segmento OE ou no aftermarket, a Brembo dá cartas em todas as frentes. E o facto de ser fornecedor de travões dos mais reputados fabricantes de automóveis a nível mundial não é fruto do acaso.

A Automobili Pininfarina é a mais recente conquista da Brembo. O Battista é o primeiro Hyper GT elétrico do mundo a estar equipado com discos carbocerâmicos CCM-R.

O casamento entre duas lendas transalpinas conhecidas pela sua capacidade de combinar criatividade, design e tecnologia só podia materializar-se num superdesportivo com prestações de cortar a respiração: os 0-100 km/h cumprem-se em menos de dois segundos.

Igualmente impressionante, a fazer fé no comunicado oficial, é a potência de travagem, graças à combinação de pinças B-M6 com discos CCM-R (carbocerâmicos) da Brembo, que demoraram oito meses a desenvolver até serem produzidos.

Brembo Automobili Pininfarina

Em comparação com os “convencionais” discos carbocerâmicos, geralmente fabricados em cerca de 60 dias, os da Brembo, de última geração, apresentam uma redução de peso de 14% (3,4 kg), traduzindo-se em maior poder de aceleração e em mudanças de direção mais rápidas.

Com prestações semelhantes aos discos de carbono utilizados na Fórmula 1, os CCM-R da Brembo têm um ciclo de vida mais longo e não necessitam de atingir elevadas para proporcionar a máxima eficácia de travagem. A sua condutividade térmica (400°C) é quatro vezes superior à dos discos carbocerâmicos “convencionais”.

Ao contrário dos discos em ferro fundido e aço, os carbocerâmicos asseguram uma capacidade de dissipação de calor significativamente maior, graças à utilização de técnicas de cálculo fluido-dinâmico. O que se traduz em maior eficácia de travagem, estabilidade superior no pedal e menor desgaste do material de fricção.

https://www.youtube.com/watch?v=et8ZzcRIXGc

Concebidos com recurso a um processo de fundição com tecnologia 4D, as pinças Brembo B-M6 dispõem das mesmas características que distinguem as pinças de competição. Comparativamente às pinças fundidas com métodos tradicionais, o binário de travagem e a capacidade térmica são, significativamente, superiores.

A rigidez da pinça e os seis pistões opostos, que garantem melhor distribuição de esforço nas pastilhas e conduzem a um desgaste mais uniforme da superfície de fricção, são outras vantagens.

Mais sobre a Brembo aqui.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
liquimoly_300x150_mImporfaseLogo_Mcnur_300x150logo_TozeCar_300x150_2NEX_300x150MF Pinto Import. export peças, S.A.

artigos relacionados

Últimas

Pesados

Repintura