powered by

AISIN na “Lista A” das alterações climáticas do CDP

AISIN Corporation reconhecida como empresa “Lista A”, a classificação mais alta na categoria de alterações climáticas do CDP, organização ambiental internacional.
Check-up Media CDP A List

É a terceira vez que a AISIN é alocada na “Lista A” do CDP após o seu reconhecimento na categoria de segurança hídrica em 2021 e 2022. E é a primeira vez que a empresa é reconhecida na categoria de alterações climáticas.

A AISIN é uma empresa de produção que emite uma grande quantidade de CO2. Como fornecedor automóvel, cujos produtos consomem energia quando são utilizados, a AISIN é responsável por contribuir para a realização de uma sociedade sustentável, incluindo a neutralidade carbónica da sociedade como um todo.

A empresa estabeleceu metas específicas para atingir a neutralidade carbónica na sua produção até 2035 e alcançar a neutralidade carbónica para todo o ciclo de vida até 2050. E tem vindo a avançar em iniciativas ao nível da produção e dos produtos.

Além das iniciativas para reduzir as emissões de CO2 durante a produção interna e a utilização dos seus produtos, bem como a colaboração com fornecedores, a AISIN pretende colocar as suas tecnologias que contribuem para a neutralidade carbónica da sociedade como um todo em aplicação prática através de projetos com organismos nacionais, incluindo o Ministério do Ambiente e a Organização para o Desenvolvimento de Novas Energias e Tecnologias Industriais (NEDO).

O reconhecimento na “Lista A” na categoria alterações climáticas significa que as suas iniciativas em toda a cadeia de valor foram altamente avaliadas. A AISIN definiu “para o futuro, um ambiente sustentável” como um dos valores que oferece à sociedade e às partes interessadas.

Através de atividades em prol da neutralidade carbónica, a AISIN continua empenhada em contribuir para a difusão de tecnologias para reduzir o consumo de energia e as emissões de CO2 nas comunidades locais.

Mais sobre a AISIN aqui.

artigos relacionados

Últimas

Atualidade

Atualidade

Em estrada