Skip to content

BASF divulga relatório de cores do ano de 2022

Continua o mercado automóvel a ser dominado por cores acromáticas ou está o arco-íris a alargar o seu espectro? O Relatório de Cores para Revestimentos OEM da BASF responde.
Check-up Media BASF Minted Gold

Tal como há vários anos, as cores acromáticas dominaram o mercado automóvel em todo o mundo no ano de 2022. Mas, tal como descobriram os designers da BASF no Relatório de Cores para Revestimentos OEM Automóveis da empresa, o arco-íris está a alargar o seu espectro para permitir tonalidades como amarelo, cor-de-laranja, verde e violeta para conquistar participação no mercado.

“Apesar da mudança de tonalidades, as cores acromáticas – branco, preto, prata e cinza – seguiram um padrão familiar, revestindo a maioria dos veículos não comerciais produzidos em 2022. Tal como em anos anteriores, o branco ainda é a cor mais popular para automóvel em todo o mundo, devido à sua beleza clássica e intemporal e elevado valor de revenda”, revela a BASF.

“Se os compradores não escolhessem cores acromáticas, muitas vezes optavam pelo azul ou vermelho. Embora esses dois espaços de cores ainda sejam muito populares, outras cores cromáticas como amarelo, cor-de-laranja, verde e violeta estão a ganhar quota de mercado na maioria das regiões do mundo. O que demonstra que os clientes da BASF – os fabricantes – estão a adotar uma gama mais ampla de diversidade e amplitude de cores do que nunca”, acrescenta.

Dados apresentados ao longo do relatório também mostram que os fabricantes produziram mais veículos à medida que recuperavam dos efeitos da pandemia global e dos desafios regionais da cadeia de abastecimento.

EMEA: região colorida

A Europa, Médio Oriente e África (EMEA) apresentaram ganhos para as suas duas cores mais populares – branco e preto – e perdas de participação de mercado para as tonalidades cinza e prata. Por isso, a região ficou muito mais colorida em 2022.

O azul ainda lidera entre as cores cromáticas na EMEA, mas quer essa tonalidade quer o vermelho perderam quota de mercado. O cor-de-laranja começou a aparecer nas preferências dos compradores de carros. Já o amarelo, o castanho e o verde ganharam alguns pontos percentuais.

Check-up Media BASF key color

“O branco e o preto aumentaram em 2022, mas o mais importante é a diversidade nas cores cromáticas,” disse Mark Gutjahr, Automotive Color Design Director da BASF na EMEA.

“Quando se adiciona a participação de mercado de amarelo, cor-de-laranja, castanho e verde, podem ver-se mais matizes e diversidade, refletindo uma paleta de cores com mais nuances e uma profundidade e amplitude de cores que se desenvolveram nos últimos dois anos”, explica.

América do Norte: cores cromáticas florescem

Os compradores norte-americanos de automóveis têm menos opções de cores cromáticas. Mas tal não significa que estejam a escolher menos carros, vans ou SUV cromáticos. O azul e o vermelho ainda são dominantes, mas a região está mais colorida do que nunca, já que o verde, o amarelo, o roxo e o bege aparecem com maior frequência.

O azul ainda está no topo e a diferença entre este e o vermelho está a aumentar à medida que o azul continua a exercer o seu domínio. Cores acromáticas como preto, cinza e prata perderam quota de mercado, principalmente em veículos maiores.

Check-up Media BASF key color 2

Tal permitiu que tons de terra, como bege, castanho e verde aumentassem. O roxo foi conquistando quota de mercado à medida que o gosto dos compradores de carros mudava.

“Se se olhar para os pesos pesados entre as cores cromáticas, o azul e o vermelho estão em alta. Mas com as pessoas estão a voltar-se mais para a natureza, cores naturais como verde, amarelo, roxo e bege estão a deixar a sua marca”, afirmou Liz Hoffman, responsável de design da BASF nas Américas.

“Os compradores de carros também estão a procurar uma cor de veículo que transmita positividade”, enfatiza.

Ásia-Pacífico: tonalidades acromáticas aumentaram

 Como os designers da BASF constataram em outras regiões do mundo, o branco também era a cor mais popular na Ásia-Pacífico. O verdadeiro foco em 2022 foi o aumento dos tons de cinza, insinuando uma nova era na indústria automóvel e a mudança de valores e hábitos dos compradores de carros.

Embora os números totais não sejam muito expressivos, o castanho, o verde e o roxo são todos consistentes em popularidade de cores. Demorará muito tempo até que consigam destronar o branco como a cor mais popular, mas, por enquanto, aumentam a tremenda diversidade de cores na Ásia-Pacífico. Isso é especialmente verdadeiro entre veículos pequenos, que são vendidos numa ampla gama de tonalidades.

O cinza ganhou cerca de seis pontos percentuais em popularidade, conquistando quota de mercado ao azul, ao vermelho, ao dourado e ao castanho. “O cinza está mais atraente e popular do que nunca. Os utilizadores nunca desistem de procurar exclusividade e individualidade em cores acromáticas”, deu conta Chiharu Matsuhara, responsável de design da BASF na Ásia-Pacífico.

“Alguns tons de cinza, com ‘sub-tons’ de azul ou roxo, estão a chegar ao mercado com efeitos sólidos e, também, efeitos de pérola coloridos, mostrando grande diversidade no espaço de cores”, acrescentou.

América do Sul: branco, prata e bege

Historicamente, os compradores de carros sul-americanos têm escolhido cores mais tradicionais e menos chamativas. Como em outras regiões, o branco é, de longe, a tonalidade favorita e o cinza supera o preto em quota de mercado para as cores acromáticas.

No caso das cores cromáticas, o vermelho e o azul mantiveram-se estáveis, enquanto o castanho ganhou alguma quota de mercado.

Check-up Media BASF key color 2

Cores estas que foram, provavelmente, escolhidas para veículos mais pequenos. Automóveis maiores e SUV tiveram a maior parcela de cores acromáticas, incluindo efeitos novos e variados para o cinza apresentado em viaturas de porte superior.

“A América do Sul ainda é uma região conservadora. Comprar um veículo nesta zona do globo pode significar menos variedade de cores, mas dentro de cada espaço de tons, existem alguns efeitos realmente interessantes e diferentes”, revelou Marcos Fernandes, diretor regional de negócios da Automotive Coatings South America.

O BASF Color Report para Revestimentos OEM de Automóveis consistiu numa análise de dados da Divisão de Coatings da BASF, com base na produção automóvel global e aplicação de tinta para veículos não comerciais em 2022.

Mais sobre a BASF aqui.

R-M 875x175
Glasurit 875x175

 ÚLTIMAS 

Translate »