Skip to content

Adivinha qual é a cor mais perigosa que um automóvel pode ter?

Nos automóveis, o perigo veste de negro. Segundo os especialistas, a cor do veículo pode fazer a diferença entre ser visto, na estrada, a 100 ou a 70 metros.
Check-up Media black car

A segurança de um automóvel varia consoante os equipamentos que o mesmo alberga. Mas há determinados pormenores que escapam até ao mais cuidadoso dos condutores. Por exemplo, a cor do veículo faz toda a diferença em matéria de segurança rodoviária.

Na estrada, tão importante como ver bem é ser visto. E, por isso, os especialistas alertam para a necessidade de assinalar a sua presença na via em qualquer situação.

Segundo um estudo divulgado pela Direção-Geral de Trânsito, em Espanha, um veículo que circule com as luzes acesas é visto 100 metros mais cedo do que quando circula com as luzes apagadas. E esta distância varia consoante a hora do dia, as condições atmosférica, as diferentes condições de luminosidade… e a cor do veículo.

Explica a autoridade espanhola que, ao entardecer, um automóvel preto que circule sem qualquer luz ligada na estada só é visto a uma distância de 30 metros. Quando o mesmo veículo, mas de cor branca, já estaria perfeitamente visível a 90 metros de distância. Mais: com a carroçaria cinzenta pode ser visto a 100 metros.

A regras só muda quando os automóveis circulam com as luzes ligadas, tornando-se visíveis a uma distância de 240 metros, independentemente da cor da carroçaria.

Outra investigação, esta realizada pelo Centro de Experimentação e Segurança Rodoviária (Cesvi), da Colômbia, concluiu que os modelos escuros refletem só um terço da luz recebida, o que explica a sua menor visibilidade na estrada com iluminação mais escassa.

Por sua vez,  uma pesquisa realizada pelo MUARC (Centro de Investigação de Acidentes da Universidade de Monash, em Melbourne, na Austrália), com base em dados de mais 900 mil acidentes de trânsito, entre 1987 e 2004, permitiu identificar a cor prateada como a mais segura.

Segundo este estudo, apenas 12% dos acidentes acontece com automóveis cinzentos. Já o verde, o castanho e o preto aparecem como as cores dos veículos com maior probabilidade de sofrerem um acidente.

Secção patrocinada por empresas que apoiam jornalismo de qualidade
MF Pinto Import. export peças, S.A.
MGM
liquimoly_300x150_m
kroftools
Soc. Coercial C. Santos
Champion Lubricants

 ÚLTIMAS 

Translate »